7 de jul de 2012

Platônico.

     Às vezes, me pego pensando se você é mesmo real, sua existência é tão perfeita que pode muito bem não passar de um sonho. Mas eu sei que não é imaginário, eu acredito que você vive, mesmo tão distante, embora, para mim, seja inalcançável. Eu te amo, por mais que você não saiba disso, e eu sinto a sua falta, ainda que eu não te conheça.
Existem limites para se amar alguém que não conhecemos?
     Mas, mesmo que eu seja apenas mais uma, meus sentimentos são fortes e verdadeiros. Se eu pudesse fazer algo que o tornasse feliz para sempre, eu o faria, pois não há sorriso mais lindo.
Meu peito dói em pensar que seu coração bate tão distante do meu, mas são as suas batidas que regem o meu ritmo. Se eu ao menos pudesse estender meus braços e te abraçar, secando as suas lágrimas...
     Quero ouvir a sua doce voz. Replay. Quero vê-lo crescer e brilhar. Quero as suas cores. Mesmo aqui, tão distante. Uma desconhecida. Quero ser a sua protetora.


Nenhum comentário:

Postar um comentário

- Os comentários são a maior motivação para uma blogueira continuar publicando, afinal, nada mais triste do que achar que ninguém está lendo o que ela publica, não é? *-*