7 de mar de 2012

Há quanto tempo...

     Já sentiu suas pernas bambas, seu coração bater acelerado, as borboletas voando em seu estômago, se debatendo como quem quisesse escapar na forma de palavras que você impede de serem ditas? Não imaginava que pudesse ser tão intenso, mas como se despertasse de um longo e perturbado sono, ao vê-lo novamente, ele... Era ele... O que aconteceu comigo? Garota boba, tire logo este sorriso tolo do rosto! É incontrolável a vontade que sinto de tê-lo por perto, mesmo que apenas por perto.

     Todas as dúvidas e incertezas parecem desaparecer, nada é mais óbvio do que este sentimento estranho que invade meu peito e me faz querer correr até você. Como se minhas pernas permitissem. Por que estou tremendo tanto? Por que estas lágrimas teimam tanto em escorrer pelo meu rosto se eu estou tão feliz? Estou completamente sem reação, não sei o que falar ou fazer. Queria gritar o seu nome e te dizer o quanto desejei vê-lo, nesses últimos meses, mas seria imprudência.

     Como se os últimos meses não tivessem passado de um pesadelo, confundindo minhas emoções, eu despertei, enfim, dentro de um novo sonho. Senti sua falta. Não ligue para minhas lágrimas, sou apenas mais uma boba apaixonada. Eu... Posso te abraçar?


Estou pronta para mais um ano. Sim. Não digam que é loucura, por favor. Eu só não sou alguém que costuma desistir.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

- Os comentários são a maior motivação para uma blogueira continuar publicando, afinal, nada mais triste do que achar que ninguém está lendo o que ela publica, não é? *-*