7 de out de 2011

Entre céu e terra


     Em uma bela noite como esta, a lua brilhava incansavelmente no céu, enquanto as estrelas a admiravam. Em terra, meus olhos se guiam em meio a escuridão a procura dos seus. Rubro minha face ao notar que da mesma maneira me observa, porém, a intensidade de meus sentimentos nem meus próprios olhos conseguem revelar.
     Tal qual as estrelas sou eu a lhe admirar e ao contar o tempo passar tão devagar, sinto-me presa a seus olhos, dos quais os meus são incapazes de abandonar.
     Apaixonada, ora, estes amores passageiros não hão de ser verdadeiros. Eis então que você se afasta, há algo em mim que não suporta esta distância, a quem eu queria enganar? Todos já haviam notado, inclusive você. Consegue entender, não é?
     A distância entre nós é como céu e terra, porém, quando me abraça, sinto as lágrimas escorrerem de meus olhos e molharem seu ombro, como uma gota de chuva a unir-nos, céu e terra, mesmo que por um pequeno instante.

     Faça construir uma torre que me alcance o céu, a ponte que me leve ao seu coração.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

- Os comentários são a maior motivação para uma blogueira continuar publicando, afinal, nada mais triste do que achar que ninguém está lendo o que ela publica, não é? *-*