8 de fev de 2011

Fighting Dreamer

Tudo o que eu queria agora, era poder ter super poderes!

Eu poderia voar...
Se eu tivesse asas, poderia voar por este imenso céu, sem limites, livre para onde quisesse ir...
Poderia conhecer o mundo, conhecer o desconhecido, fugir da tristeza que me persegue, viver uma verdadeira aventura...
Mas então, andar perderia a graça, e as brincadeiras em terra firme se tornaram inúteis...

Eu poderia prever o futuro...
Se eu tivesse o poder da clarividência, saberia o que aconteceria amanhã, ou depois, ou ainda, quem sabe, daqui a uns 200 anos...
Poderia prever grandes catástrofes, proteger este mundo em que vivo, e as pessoas que amo...
Mas qual seria a graça de viver sabendo tudo o que iria acontecer?

Eu poderia domar o tempo...
Se eu pudesse controlar o tempo, poderia voltar ao passado, viver muitas vidas, em épocas diferentes, comer comidas diferentes, viajar no tempo...
Poderia acelerá-lo nos momentos chatos e entediantes, e pará-lo em momentos de alegria e diversão...
Mas então, estes momentos de alegria e diversão se tornariam entediantes, pois tudo que é bom dura pouco, e é assim que deve ser...

Eu poderia ler pensamentos...
Se eu tivesse o poder da telepatia, poderia saber o que as pessoas realmente pensam de mim, ouvir o que elas estão pensando, o que realmente sentem...
Poderiam me comunicar mentalmente com elas, além de conseguir ler tudo o que pensam...
Mas qual seria a graça de descobrir o que as pessoas pensam de mim? Isso iria apenas me machucar...

Eu poderia ser uma guerreira...
Se eu fosse forte, forte o suficiente para lutar; eu lutaria pelas pessoas que amo, mesmo que todo este céu me perfurasse com sua luz... Eu lutaria...
Mesmo que fosse doer muito, eu sei que estaria feliz, pois saberia que mesmo morta, fiz tudo o que podia por aqueles que eu amo...


Sim... Sou uma Guerreira Espadachim! Uma Lutadora Sonhadora!

Nenhum comentário:

Postar um comentário

- Os comentários são a maior motivação para uma blogueira continuar publicando, afinal, nada mais triste do que achar que ninguém está lendo o que ela publica, não é? *-*