3 de fev de 2011

Simples ilusão


Gota, gota, gota...
Estas gotas de chuva que caem do céu
São como as minhas lágrimas,
Que escorrem destes meu olhos
Ainda apaixonados...

Vivo em uma tempestade,
Uma tempestade de sentimentos,
Que arrasa tudo por onde passa
Ferindo meu coração traído
Porém, apaixonado...

Dentro deste meu quarto vazio,
Ouço vozes, gritos...
Este silêncio é tão  barulhento...
Barulhento como meu coração,
Agora não mais apaixonado...
 
Tudo que me resta
É este meu coração estraçalhado...
Esta ferida, profunda como o oceano,
É tão incolor quanto a morte,
E a morte, tão vazia como a minha alma...

Não, não me peça para sorrir,
Pois dentro de mim não há mais sentimentos...
Não me peça para chorar,
Pois as lágrimas destes meus olhos já se esgotaram...
Não me peça para amar,
Pois este meu coração já esta farto de ilusões...

Nenhum comentário:

Postar um comentário

- Os comentários são a maior motivação para uma blogueira continuar publicando, afinal, nada mais triste do que achar que ninguém está lendo o que ela publica, não é? *-*